Ir para o conteúdo

Prefeitura de Botucatu - SP
Acompanhe-nos:
Youtube
Facebook
Símbolos

UM POUCO SOBRE BOTUCATU

O município de Botucatu está localizado no centro do estado de São Paulo, a cerca de 235 km da capital. Sua área de 1.486,4 m2 faz limites com os municípios de Anhembi, Bofete, Pardinho, Itatinga, Avaré, Pratânia, São Manuel, Dois Córregos e Santa Maria da Serra.

O nome da cidade é de origem tupi – Ibytu-katu – e significa “bons ares”. Ao longo do tempo, a cidade foi crescendo e o lema foi completado com duas outras qualidades: “Botucatu: cidade dos bons ares, das boas escolas e das boas indústrias”.

O clima é ameno (temperaturas médias de 22º C) e a altitude relativamente elevada: varia entre 756 m na baixada (antigo Matadouro) e 920 m no Morro de Rubião Júnior (ponto mais alto). O Marco Zero de Botucatu está localizado na Praça Emílio Peduti (Bosque), exatamente onde fica o prédio do Poder Legislativo Municipal.


DATAS

Mistérios e lendas que até hoje envolvem Botucatu datam do período pré-cabralino. Diz-se que teria sido ponto de passagem no caminho para o Peabirú, trilha lendária que ligava o litoral atlântico a terras peruanas. O povoamento, de fato, teve início entre o Ribeirão Lavapés e a Praça Coronel Moura, onde se concentrava parte da tribo dos índios caiuás.

Os primeiros sinais do crescimento vieram em 1830, quando fazendeiros decidiram subir a cuesta e povoar as terras ainda desabitadas. Em 23 de dezembro de 1843 o Capitão José Gomes Pinheiro Vellozo doou terras para a criação do Patrimônio da Freguesia de SantAnna de Botucatu, data considerada, para efeitos históricos, a Fundação de Botucatu. Em 19 de fevereiro de 1846 foi criada a Freguesia do Distrito do Cimo da Serra de Botucatu, que em 14 de abril de 1855 foi elevada a Vila e teve sua emancipação político-administrativa. É nesta data, portanto, que se comemora o aniversário da cidade. Em 20 de abril de 1866 foi criada a comarca de Botucatu e em 16 de março de 1876 a Vila foi elevada à categoria de cidade (Lei nº 4.370 de 07 de abril de 2003).


SÍMBOLOS OFICIAIS DO MUNICÍPIO

BANDEIRA

Instituída pela Lei Municipal nº 2.397, de 10 de novembro de 1983. Em seu artigo 6º é assim descrita a bandeira oficial de Botucatu: “Em campo de blau, círculo de ouro ao centro, cortado por faixa do primeiro, movente da sinistra à destra, escalonado em cores ao centro. O azul representa o céu diáfano de Botucatu. O círculo em ouro representa a união dos munícipes, as riquezas naturais e os valores tradicionais. A faixa azul, que corta o círculo, representa o perfil da cuesta, impressiva característica geográfica de Botucatu”

.

.

.

.

PRIMEIRO BRASÃO

O primeiro brasão vigorou por 26 anos, de 1952 a 1978. Foi criado pela Lei nº 273, de 28 de agosto de 1952, e elaborado pelo historiador botucatuense Hernani Donato. O desenho foi feito pelo prof. Gastão Dal Farra, na gestão do então prefeito Emílio Peduti.

.

.

.

.

.

SEGUNDO BRASÃO

O segundo brasão, criado pela Lei nº 2.130, de 12 de março de 1978, vigorou por cinco anos: de 1978 a 1983. Foi elaborado por Lauro Ribeiro Escobar, contratado pela Prefeitura na gestão do então prefeito Luiz Aparecido da Silveira (Lico Silveira)

.

.

.

.

.

TERCEIRO BRASÃO

O terceiro brasão de Botucatu vigora desde 1983 até os dias atuais e foi criado pela Lei nº 2.397, de 10 de novembro de 1983, tendo sido elaborado mediante um processo de concurso aberto, sob a coordenação da Prefeitura e da Academia Botucatuense de Letras, na gestão do então prefeito Antônio Jamil Cury. O artigo 3o da referida lei esclarece o significado de cada parte do brasão: “O escudo português indica a cultura que fundamentou a comunidade pátria e local, cuja categoria de município é atestada pela coroa mural. As portas das torres, abertas em azul, asseguram a hospitalidade aos que chegam. O campo azul reflete o céu e o clima que inspiraram ao indígena o nome ybytu-katu, significando bons ares. O fuso de prata, símbolo do trabalho e de Sant’Anna, a padroeira, nele reverencia os fundadores da cidade e nela celebra as virtudes de Mãe e Mestra. O verde do cerrado acentua a fertilidade da terra e evoca o dilatado território original botucatuense, matriz de muitos outros municípios. A faixeta de prata evidencia o perfil da cuesta, impressiva característica geográfica da região, recordando, ainda, caminhos que mesmo antes do descobrimento do Brasil, cruzando o chão municipal, serviam ao intercâmbio de conhecimentos e de riquezas. Os ramos de cafeeiro, frutificados em amarelo-ouro, realçam a variedade chamada “Café Amarelo” ou “Café Botucatu”, privilégio das lavouras locais. O topônimo “Botucatu”, em prata sobre listel azul, valoriza o respeito dos munícipes pelos legados do passado, reafirma o seu zelo pelas singularidades da terra e a perseverança pelos valores espirituais e fraternos, garantias de futuro


CANÇÃO OFICIAL


Instituída como Canção Oficial do Município pela Lei nº 4.386, de 9 de maio de 2003, sancionada pelo prefeito Antônio Mário de Paula Ferreira Ielo, a valsa que tem letra e música de autoria de Angelino de Oliveira (1888-1964) ganhou o coração dos botucatuenses.

SAUDADES DE BOTUCATU

Nunca esquecerei de ti, oh minha terra,

Berço onde o amor nasceu.

És princesa lá da serra,

Terra dos carinhos meus.

Não mais poderei viver longe de ti.

Tu és a minha adoração.

Oh! Botucatu, cidade dos meus sonhos,

Terra do meu coração.

Oh! Botucatu, cidade dos meus sonhos,

Terra do meu coração.


HINO OFICIAL DO MUNICÍPIO

Instituído pela Lei Municipal nº 4.568, de 24 de junho de 2004, tem letra e música de Cláudio Fanelli e participação de Antônio Carlos Blasi.

No teu solo fértil,
Contadas histórias,
Vitórias e seduções.
Os teus rios,
Os teus campos,
Tuas matas naturais.
Em teu solo, riquezas demais!

Botucatu,
És forte em tua tradição
De doar ao mundo Poetas, professores,
Doutores e também lições.
E no teu ser, e no teu ser,
Herança de teus ancestrais.
Tua Cuesta,
Tua trilha, caminho que a ti conduz,
Representam teu passado,
Tanta glória e luz.

Botucatu,
Nascida neste meu sertão
Em cima da Serra,
Onde os ventos fortes
Sopram em forma de canção.

Botucatu,
És fonte de inspiração
Para os teus filhos.
És a protetora,
Mãe de tantas gerações,
E quem te viu, e quem te viu,
De ti não se esquece jamais!
Cidade dos Bons Ares!
Cidade das Escolas!
És o orgulho deste meu país, Botucatu!

 
PREFEITURA
Praça Professor Pedro Torres, nº 100 - Centro - CEP: 18600-900
ATENDIMENTO
Segunda à Sexta, das 08h às 16h30
Seta
Copyright Instar - 2006-2020. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia